• Home
  • Destaques
  • Cooperativa Solinegro realiza Dia de Cooperar coletando lixo nas comunidades do Catalão e Xiborena

Cooperativa Solinegro realiza Dia de Cooperar coletando lixo nas comunidades do Catalão e Xiborena

Cooperados fazem a coleta nas residência dos comunitários (Foto: Priscilla Torres/Coopcom

Cooperados da Solinegro fazem a coleta nas residência dos comunitários (Foto: Priscilla Torres/Coopcom)

Um total de duas toneladas de lixo, entre orgânico e reciclável, foi o resultado da coleta promovida pela ação voluntária da Cooperativa de Transporte de Turismo Ambiental com Base Comunitária Amazônia – Solinegro, realizada sábado, dia 11 de julho, nas comunidades ribeirinhas do Catalão e Xiborena, nas proximidades do encontro das águas dos rios Solimões e Negro.

O evento fez parte da Campanha de voluntariado do Dia C (Dia de Cooperar) e contou com o apoio do sistema OCB/Sescoop-AM, da Transpetro (Petrobras Transporte S/A), Prefeitura de Manaus através das secretarias de Saúde, Meio Ambiente  e Limpeza Pública, dos comunitários locais e do vereador Júnior Ribeiro, que já foi catador de materiais recicláveis e um dos organizadores da cooperativa de catadores do bairro do Mauazinho. O vereador acompanhou todo o trabalho In loco. O secretário do Meio Ambiente, Itamar de Oliveira Mar, representou o prefeito de Manaus, Artur Neto no encerramento evento.

O presidente da Solinegro, Júlio César, se disse satisfeito com o resultado da ação. “Essa é a 3ª Gincana Ambiental que promovemos com sucesso. O objetivo principal é conscientizar as comunidades sobre a necessidade de cuidar bem e preservar o nosso meio ambiente para as futuras gerações”, argumentou.

A presidente da comunidade, professora Raimunda Ferreira Viana, que também é diretora da Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida, disse que apoia esse tipo de ação porque nem todos têm a consciência do quanto é importante preservar o meio ambiente.

Nas comunidades do Catalão e Xiborena as casas são todas flutuantes nesta época do ano, por causa das enchentes dos rios, inclusive a escola. Assim, o transporte dos comunitários é feito por canoas e lanchas. De acordo com a professora Raimunda Vianna, antigamente as pessoas descartavam todo o lixo no rio, mas agora recolhem em sacolas plásticas e esperam a passagem da lancha da prefeitura que realiza o trabalho de coleta de lixo.

A representante da Transpetro, parceira da cooperativa no evento, Ana Caila, revelou que a empresa incentiva esse tipo de evento pela sua responsabilidade social e orienta também, através de ações e palestras, como cuidar do meio ambiente. Na gincana de sábado deu apoio doando os sacos de lixo.

O Sistema OCB/Sescoop-AM foi representado pela Gerente de Desenvolvimento de Cooperativas Eliane Craveiro, que achou muito importante a ação voluntária realizada pela Cooperativa Solinegro em parceria com os moradores das comunidades. “O meio ambiente precisa ser preservado, para que as próximas gerações possam usufruir de toda essa beleza que estamos vendo hoje nestas duas comunidades” , avaliou a gerente.

GINCANA E PREMIAÇÃO – Para dinamizar o trabalho foi promovida a 3 ª Gincana Ambiental competitiva com premiação para os vencedores. Dessa forma a equipe Legal conquistou o primeiro lugar e ganhou um prêmio de R$ 300,00; em segundo lugar ficou a equipe dos Amigos que embolsou R$ 200,00 e a equipe Garis do Amazonas conquistou o terceiro lugar a ganhou R$ 100,00.

Todo o lixo coletado nas comunidades do Catalão e Xiborena, foi transportado de barco para Manaus, com desembarque no porto da Ceasa, onde já havia um carro coletor da prefeitura para fazer o transporte do material para o descarte no aterro sanitário do município.

No evento teve também atendimento de saúde com aferição de pressão arterial, teste rápido de glicemia e tratamento odontológicos e escovação. Uma equipe de garis da Semusp fez a animação das crianças contando piadas e cantando musicas com temas ambientais.

Consciente ambiental – O cooperado da Solinegro, Clodomiro Conceição, mais conhecido por Papagaio, que atua há mais de 10 anos no sistema de transporte de turistas para visitação ao encontro das águas e entorno, revelou que antigamente não se preocupava com o meio ambiente, mas que hoje é um grande defensor ambiental e, inclusive tem feito palestras e levado pessoas para conhecer o seu trabalho.

Papagaio contou com entusiasmo da vez que transportou o técnico de futebol Vanderlei Luxemburgo durante no período da Copa no Brasil, para visitação ao encontra das águas. Disse que o treinador ficou maravilhado e pediu que zelem por esse presente da natureza.

Texto: Manoel Marques/Coopcom – Cooperativa de Comunicação do Amazonas

Fontes: Sistema OCB/Sescoop-AM e Solinegro