• Home
  • Notícias
  • Sistema OCB/Sescoop-AM realiza o V Seminário Cooperativistas de Manacapuru

Sistema OCB/Sescoop-AM realiza o V Seminário Cooperativistas de Manacapuru

Cooperativistas do ramo agropecuário de Manacapuru e em torno participaram do Seminário

Cooperativistas do ramo agropecuário de Manacapuru e em torno participaram do Seminário

O Sistema OCB/Sescoop-AM realizou nesta terça feira, 31 de março no Hotel Evanstour o V Seminário Cooperativista de Manacapuru. O evento contou com parceria das cooperativas Coomapem (Cooperativa Mista e Agropecuária de Manacapuru, Cootrafet (Cooperativa de Transporte Coletivo Fluvial e Terrestre do Estado do Amazonas), Cooperjuta da Amazônia (Cooperativa dos Juticultores do Amazonas) e Coopfamma (Cooperativa de Fruticultores do Município de Manacapuru), além da Prefeitura de Manacapuru, Embrapa, Banco do Brasil, Idam, ADS e Conab.

O presidente do Sistema OCB/Sescoop-AM, Petrucio Magalhães Júnior fez a abertura dos trabalhos, saudando os produtores cooperativistas presentes e o secretário de produção do município, Kelcen Bandeira Guedes, que representou o prefeito de Manacapuru Jaziel Nunes de Alencar. A saudação do presidente estendeu-se aos demais dirigentes das cooperativas do município e aos representantes das instituições parceiras.

O Petrucio Magalhães Júnior falou sobre a importância das cooperativas na sociedade como instrumento econômico que promovem eficácia social no país. Ele enfatizou ainda a situação delicada que se encontra a cadeia produtiva de fibras da juta e malva, e que, como esse efeito, afeta diretamente a arrecadação economia do município ou até mesmo do estado, atingindo principalmente a sociedade, por não serem contemplados com algumas políticas públicas.

 “O objetivo deste seminário é integrar e discutir soluções para as cooperativas, falar do papel do Sistema OCB/Sescoop-AM na divulgação do cooperativismo em todo o Estado, e também, tentar descentralizar as ações do sistema, realizando política de coordenação e formação de lideranças cooperativistas para atender as exigências do mercado”, disse o presidente.

Durante o Seminário foram discutidas ações e projetos para as cooperativas do município, programas de crédito, assistência técnica e extensão rural, perspectivas técnicas para a produção de fibras, técnicas de produção e qualidade na fruticultura e compras governamentais.

Palestras – Rodrigo Ramos Martins, gerente local do Banco do Brasil, iniciou sua palestra, apresentando um debate com o tema: Programas de Crédito para Cooperativas, destacando a importância do cooperativismo como método fundamental para o sucesso da economia do país.

O gerente destacou os desafios á serem superados no setor cooperativista agropecuário, citando a inadimplência dos participantes do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), que segundo Rodrigo, apoiados em dados de pesquisas do Banco do Brasil, seriam de 2,18% no país, 39,41% no estado do Amazonas e 42,87% no município de Manacapuru, em contrapartida, ele disse que o objetivo da instituição é a redução desses valores para abaixo de 10% para que o banco pudesse atuar de forma mais presente na agricultura familiar do Amazonas.

“Trago a este Seminário uma proposta aos produtores, de um plano de desenvolvimento regional sustentável, onde o banco formaria uma cadeia de produção desde a plantação até a comercialização do produto das cooperativas” Concluiu o gerente.

Thomaz Meireles, assessor da superintendência da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), ministrou palestra sobre Compras Governamentais, exemplificando as modalidades do Programa de Aquisição de Alimentos o (PAA), como compras diretas, apoio a formação de estoques, incentivo à produção e compra com doação simultânea.

“O mercado está aberto às cooperativas e aos produtores, porém, deve partir das cooperativas, uma articulação, apresentando projetos direcionados à Conab, pedindo que os recursos sejam ampliados para a venda da produção”, argumentou o assessor.

Encerrando o ciclo de palestras do V Seminário Cooperativista de Manacapuru, o presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Miberval Jucá dividiu o tempo de debate com o diretor técnico Luiz Otávio. O presidente falou sobre o trabalho da Instituição no município de Manacapuru, dentro do Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme) e das feiras gerenciadas pela ADS, ressaltou o papel da Agência em aproximar o produtor do consumidor, evitando a ação do atravessador, visando fortalecer o trabalho das cooperativas.

Luiz Otávio falou da importância de alguns programas do governo como o Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme), o Programa de Regionalização de Móveis Escolares (Promovel) e o Programa de Subvenção de fibras Juta e Malva, que beneficia diretamente os produtores do município, e também das verbas destinadas à região. Falou ainda sobre o Programa de Compras Públicas debatido em reunião com o Comando Militar da Amazônia e alertou as cooperativas para trabalharem na organização e se adequarem ao programa. Os representantes da Agência se colocaram a disposição dos cooperados para tirar qualquer dúvida e encontrar uma solução de sucesso que beneficie a todos envolvidos com o setor primário do Amazonas.

Parceiros – Participaram do evento as Cooperativas Coompaem, Cootrafet, Coopfamma e Cooperjuta, representadas respectivamente por Eliana Medeiro, Jayth Araújo Gomes, Núbia Neves e Davi Marques de Souza, a Prefeitura Municipal de Manacaouru, representada pelo secretário de Produção Rural Kelcen Bandeira Guedes, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), representada pela pesquisadora Mirza Pereira, o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), representado por Zacarias Gondim, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), representada por Thomaz Meirelles, a Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) representada pelo presidente Miberval Jucá e Luiz Octávio e o Banco do Brasil, representado pelo gerente da agência de Manacapuru Rodrigo Martins.

Encerramento – O Seminário encerrou seus trabalhos com sucesso de público, contando com a participação de produtores cooperativistas de várias comunidades do entorno de Manacapuru e outros municípios do médio Solimões, e também de uma turma da Faculdade de Logística da Universidade Estadual do Amazonas (UEA).

Texto: Priscilla Torres/Coopcom – Cooperativa de Comunicação do Amazonas

Fonte: Sistema OCB/Sescoop-AM